sábado, 23 de agosto de 2014

DIA D E.E. Madre Carmelita 23/08/2014 - O Dia “D” é uma ação pedagógica do Programa de Intervenção Pedagógica e realizada, a cada ano, momento em que todas as escolas e toda a Comunidade Escolar se reúnem, para analisar as práticas pedagógicas e o desempenho da instituição e dos alunos nas avaliações externas (PROALFA e PROEB) e internas e, assim, planejar as ações que contribuirão para a melhoria do ensino.

























Média de Minas Gerais 622.8
Média da SRE 592.3
Média da E.E. Madre Carmelita 609.1


Média de Minas Gerais 218.7
Média da SRE 209.5
Média da E.E. Madre Carmelita 248.6

Média de Minas Gerais 239.4
Média da SRE 224.5
Média da E.E. Madre Carmelita 245.9
Média de Minas Gerais 260.8
Média da SRE 253.9
Média da E.E. Madre Carmelita 248.4
Média de Minas Gerais 264.5
Média da SRE 253.1
Média da E.E. Madre Carmelita 277.9
Média de Minas Gerais 280.6
Média da SRE 281.4
Média da E.E. Madre Carmelita 306.6
Média de Minas Gerais 283.6
Média da SRE 276.7
Média da E.E. Madre Carmelita 302.2


23/08/2014

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

PROJETO: BIBLIOTECA E RECREIO POÉTICO

 Biblioteca Irmã Débora Miguel
E.E Madre Carmelita




 Adília Professora de Ensino para Uso da Biblioteca - Turno da tarde


PROJETO: BIBLIOTECA E RECREIO POÉTICO

“Um livro é escrito por quem o lê”

     Faça um poema ou uma poesia, entra no Blog da Biblioteca vai ao marcador: Biblioteca “PROJETO: BIBLIOTECA E RECREIO PÓETICO”, em baixo tem escrito COMENTÁRIO, posta seu poema, pode ser como anônimo ou se tiver um e-mail pode se identificar.
     Alguns poemas serão selecionados para um livro.
     Não esqueça de colocar seu Nome Completo e Turma. Não esqueça de dar um titulo para seu poema.
     Venha fazer parte do 1º Livro Poético da E.E Madre Carmelita.
     Observações: Digita todo seu poema com LETRA MAIÚSCULA. Lembrando que a poesia tem que ser de sua autoria. Fazer cópia de poema é plagiar a ideia que o outro já fez. É Crime.
      Espere que seu poema seja escolhido, Boa sorte!


Maria Clara Silva Melgaço 5ª A/9-2014 e sua irmã. Ana Luiza Silva Melgaço pintam um quadro e declaram em Poesia/Poema o seu amor pela Escola Estadual Madre Carmelita. Durante a abertura da Festa Junina de 2014 elas e seus pais fazem uma surpresa à Escola entregando na mão do Diretor: Adalgizo este presente doando para E.E Madre Carmelita este maravilhoso quadro, se hoje se encontra pendurado na entrada da Secretaria da E.E. Madre Carmelita.

 Poema de uma ex-aluna da E.E Madre Carmelita. Poema de Bárbara Souza Teixeira, da 4ª Série, da professora: Marisa. Poesia feita para a Adília em 13/07/2001.



 POEMA OU POESIA?

Poesia: Caráter do que emociona, toca a sensibilidade. Sugerir emoções por meio de uma linguagem. (Minidicionário Aurélio da Língua Portuguesa. RJ: Nova Fronteira, 1993).

 Se o poema é um objeto empírico e se a poesia é uma substância imaterial, é que o primeiro tem uma existência concreta e a segunda não. Ou seja: o poema, depois de criado, existe per si, em si mesmo, ao alcance de qualquer leitor, mas a poesia só existe em outro ser: primariamente, naqueles onde ela se encrava e se manifesta de modo originário, oferecendo-se à percepção objetiva de qualquer indivíduo; secundariamente, no espírito do indivíduo que a capta desses seres e tenta (ou não) objetivá-la num poema; terciariamente, no próprio poema resultante desse trabalho objetivador do indivíduo-poeta. (LYRA, Pedro. Conceito de Poesia. São Paulo: Ática, 1986).

 Alguns podem atentar para o caráter da emoção e chamarem-no de poesia e outros podem atentar ao labor da composição poética e chamarem-no de poema. Outros podem chamá-lo de aglomerado de palavras com efeito. Para cada cabeça um dono, caberá ao leitor decidir se o poema em questão é poesia.

BELO HORIZONTE, 21 DE AGOSTO DE 2014
E.E MADRE CARMELITA.
BIBLIOTECA IRMÃ DÉBORA MIGUEL.
PROJETO: A BIBLIOTECA VAI AOS ESPAÇOS FÍSICOS DA ESCOLA.
         AUTORA: ADÍLIA GONÇALVES SÔARES